Pesquisa aponta que dinossauros já viviam em rebanhos 40 milhões de anos antes do que se imaginava

A hipótese foi levantada após 80 fósseis de esqueletos e 100 ovos pertencentes à espécie sauropodomorfos terem sido descobertos por um grupo liderado por Diego Pol, chefe do departamento de ciências do Museu de Paleontologia Egidio Feruglio, na Patagônia

Por Paulo Pereira em 21/10/2021 às 18:01:30
Ovo fossilizado de Mussaurus patagonicus encontrado no sul da Patagônia, Argentina - Foto: Roger Smith

Ovo fossilizado de Mussaurus patagonicus encontrado no sul da Patagônia, Argentina - Foto: Roger Smith

A descoberta de um cemitério de dinossauros na Patagônia, Argentina, sugere que dinossauros já viviam em rebanhos 40 milhões de anos antes do que se imaginava.

A hipótese foi levantada após 80 esqueletos e 100 ovos pertencentes à espécie sauropodomorfos terem sido descobertos por um grupo liderado por Diego Pol, chefe do departamento de ciências do Museu de Paleontologia Egidio Feruglio, na Patagônia.

No momento da descoberta, de acordo com o artigo publicado na revista científica Scientific Reports, da Nature, os ovos estavam separados em diferentes ninhos, que continham de oito a 30 unidades cada um.

A idade dos fósseis (193 milhões de anos) foi determinada após análise das rochas que se formaram ao redor dos restos mortais dos animais e de seus ovos.

Esse dado também surpreendeu os pesquisadores. Segundo eles, comportamentos sociais complexos, como a vida em rebanho, haviam sido apontados apenas em fósseis relativamente mais novos (40 milhões de anos).

Ninho com ovos de Mussaurus patagonicus encontrado no sul da Patagônia, Argentina — Foto: Diego Pol

Ninho com ovos de Mussaurus patagonicus encontrado no sul da Patagônia, Argentina — Foto: Diego Pol

Só foi possível determinar a espécie dos embriões que estavam dentro dos ovos após a utilização de um raio-X.

Entre os fósseis encontrados no local, após análises observacionais de tamanho e de tipo de tecido ósseo, os resultados sugeriram a presença de indivíduos de faixas etárias diferentes, como jovens com menos de um ano de idade, adultos e velhos.

Fonte: Da Redação com G1

Comunicar erro
radioweb

Comentários

Anuncie Aqui