Márcia Lucena diz que Justiça expõe "práticas fora da lei" ao cassar chapa da prefeita Karla Pimentel em Conde

Segundo Márcia, "a justiça está começando a ser feita." Ela apontou sobre a chapa da adversária a "prática política completamente fora da lei".

Por Paulo Pereira em 21/10/2021 às 17:44:22


A ex-prefeita Márcia Lucena publicou vídeo nas redes sociais em que comentar a decisão da Justiça que cassou e afastou a prefeita Karla Pimentel, da Prefeitura de Conde, nesta quinta-feira (21). Segundo Márcia, "a justiça está começando a ser feita."

Ela apontou sobre a chapa da adversária a "prática política completamente fora da lei". "Estou muito satisfeita com o trabalho da Justiça Eleitoral, que expõe para a população do Conde e de toda a Paraíba os efeitos de uma prática política completamente fora da lei, completamente fora dos ritos legais."

Márcia Lucena questionou a forma que a oposição conduziu a própria campanha eleitoral. "Toda a população do Conde é testemunha de como nós fizemos a campanha e de como o outro lado fez a campanha dentro do território. E a gente está vendo que isso não compensa mais, que a Justiça estará atenta e comprometida com isso. Isso é muito legal de se ver."

"Vamos esperar os próximos passos dos trâmites administrativos e legais para a gente ver como vai construir esse momento. Então calma todo mundo. Vamos esperar os próximos passos", completou Márcia Lucena, conforme apurou o ClickPB.

Cassação

A Justiça Eleitoral decidiu cassar os mandatos da prefeita de Conde, Karla Pimentel, e do vice-prefeito, José Ronaldo Vieira Sales Júnior, mais conhecido como Dedé Sales. A decisão, a qual o ClickPB teve acesso, foi tomada na noite dessa quarta-feira (20). Com a decisão da juíza Lilian Frassinetti, a ex-prefeita Márcia Lucena deverá retomar o posto, já que foi a segunda colocada nas últimas eleições.

A magistrada destacou que a saída da prefeita Karla Pimentel é imediata, mesmo havendo oportunidade da prefeita recorrer no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Karla foi eleita prefeita de Conde em 2020 com 6.794 votos, representando 40,94% do total. De acordo com a decisão, os diplomas de Karla Pimentel e do vice-prefeito foram cassados devido a violações das regras de contabilidade eleitoral.

A defesa de Karla Pimentel poderá recorrer da decisão para tentar reverter a cassação em outras instâncias. O ClickPB procurou a juíza Lilian Frassinetti, mas ela disse que não vai comentar sobre o caso.

Fonte: Da Redação com ClickPB

Comunicar erro
radioweb

Comentários

Anuncie Aqui