Vídeo mostra abordagem a miliciano do Rio de Janeiro preso na Paraíba; delegado deu detalhes da ação policial

O chefe miliciano é apontado como envolvido na morte de Marielle Franco, vereadora carioca morta a tiros em março de 2018 e foi encontrado em Queimadas, na Paraíba.

Por Paulo Pereira em 30/07/2021 às 17:47:16


O delegado Diego Beltr√£o deu detalhes sobre a opera√ß√£o que prendeu um chefe de uma mil√≠cia do Rio de Janeiro em Queimadas, interior da Para√≠ba, nessa quarta-feira (28). O v√≠deo acima mostra a abordagem aos criminosos. O preso foi encontrado com outro homem dentro de um imóvel onde havia drogas e armas. O chefe miliciano é apontado como envolvido na morte de Marielle Franco, vereadora carioca morta a tiros em mar√ßo de 2018.

"A Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO) recebeu a informação de que milicianos do estado do Rio de Janeiro estariam na região de Queimadas. A partir de então iniciou-se uma investigação onde conseguimos identificar o local em que esses indivíduos estariam, assim como identificar que um deles se tratava do chefe de uma milícia situada na Zona Oeste do Rio de Janeiro", explicou o delegado.

Ainda segundo Diego Beltr√£o, da DRACO, "representamos com mandado de busca e apreens√£o e, na manh√£ de ontem (28), conseguimos dar cumprimento a esse mandado de busca. Na resid√™ncia, havia dois indiv√≠duos, dentre eles, o chefe dessa mil√≠cia. E, dentro da resid√™ncia, conseguimos apreender drogas, muni√ß√Ķes, carregadores. Foram autuados ambos por tr√°fico de drogas, associa√ß√£o ao tr√°fico, posse ilegal de arma de fogo e resist√™ncia à pris√£o. Esses indiv√≠duos foram autuados em flagrante e encaminhados para a carceragem da Pol√≠cia Civil de Campina Grande."


O delegado também contou que, "segundo informa√ß√Ķes, esse l√≠der dessa mil√≠cia era um indiv√≠duo bastante perigoso, que estava no hall dos mais procurados do estado do Rio de Janeiro, em raz√£o de chefiar essa mil√≠cia e ser suspeito da pr√°tica de diversos homic√≠dios. Antes da pris√£o desses indiv√≠duos, j√° circulava na imprensa que o chefe dessa mil√≠cia da Zona Oeste do Rio de Janeiro teria participa√ß√£o no homic√≠dio de Marielle."

Fonte: Da Redação com ClickPB

Comunicar erro
radioweb

Coment√°rios

Anuncie Aqui