Com apoio do Governo da Paraíba, começa neste domingo o

O evento é gratuito e será transmitido, ao vivo, pelo YouTube, a partir das 19h.

Por Paulo Pereira em 13/06/2021 às 16:43:06
São João na Rede começa neste domingo (Foto: Divulgação)

São João na Rede começa neste domingo (Foto: Divulgação)

Pelo segundo ano consecutivo, o Governo do Estado apoia a etapa paraibana da edição 2021 do São João na Rede Festival. Neste domingo (13), trios de forró e forrozeiros de diversas cidades paraibanas se apresentam na abertura, que vai homenagear Sivuca, Pinto do Acordeon, Dejinha de Monteiro, Marinês, Geraldo Correia e Zé Calixto. O evento é gratuito e será transmitido, ao vivo, pelo YouTube, a partir das 19h.

Esta ação, através da Secretaria de Estado da Cultura, trouxe à produção do evento o esforço dos representantes das 12 Regionais de Cultura na mobilização de artistas de todas as regiões paraibanas.

Os produtores Suelen Garcez e Paulo Menezes comandarão as apresentações nos primeiros cinco dias (13 a 17/6). A programação dos quatro dias restantes, assim como as datas, ainda está sendo definida pela produção do evento. Ao todo serão 33 atrações somente na etapa da Paraíba.

O Fórum Nacional do Forró de Raiz, que organiza o evento em âmbito nacional, já confirmou a realização das etapas do São João na Rede, também, nos Estados do Rio Grande do Norte e Ceará. Outros estados devem definir sua programação e se integrarem ao cronograma no decorrer das próximas semanas.

Programação


Domingo, dia 13 de junho, 19h

Homenageado: Sivuca

Atrações:

- Forró do Carrité (Itabaiana)

- Forró D+ (Caldas Brandão)

- Xote Jeito Manhoso (Areia)

- Dicinho e Banda (Guarabira)

- Abdias do Acordeon (Campina Grande)

- Banda Caactus (Campina Grande)

- Glorinha Gadelha (João Pessoa)


Segunda, dia 14 de junho, 19h

Homenageado: Pinto do Acordeon

Atrações:

- Forró Caçuá (João Pessoa)

- Trio Quentura do Forró (São José do Bonfim)

- Luiz Bento (Santa Luzia)

- Santino Braz e Os 3 do Forró (Santa Luzia)

- Os Filhos do Forró (João Pessoa)

- Jaelson Gomes (Patos)

- Homenagem dos Filhos de Pinto do Acordeon (João Pessoa / Patos)


Terça-feira, dia 15 de junho, 19h

Homenageados: Dejinha de Monteiro

Atrações:

- João Durão (Monteiro)

- Xote Universitário (Monteiro)

- Sussa de Monteiro (Monteiro)

- Gabriel do Acordeon (Sumé)

- Lulinha do Acordeon e os Arrochados do Forró (Cuité)

- Luiz do Acordeon (Juru)

- Estrela Musical (Princesa Isabel)

Quarta-feira, dia 16 de junho, 19h

Homenageada: Marinês

Atrações:

- Alvorada Nordestina (Itaporanga)

- Lucineide do Acordeon (Cajazeiras)

- Maurício do Acordeon (São José de Piranhas)

- Geraldo Mãozinha e Forró Pé de Serra (São José de Piranhas)

- Assis Rosa e Trio Catolé (Catolé do Rocha)

- Marcos Farias e Sabrina Vaz (Campina Grande)


Quinta-feira, dia 17 de junho, 19h

Homenageado: Geraldo Correia e Zé Calixto

Atrações:

- Ednardo do Acordeon (Catolé do Rocha)

- Biliu de Campina (Campina Grande)

- Dudamax e Forró do Bakulejo (Cuité)

- João Calixto (Campina Grande)

- Luizinho Calixto (Campina Grande)

- Orquestra Sanfônica Balaio Nordeste (João Pessoa)

O evento

Criado em 2020 em virtude da pandemia da Covid-19, o Festival foi aprovado por grandes astros da música, que entraram na campanha de divulgação do evento, a exemplo de Elba Ramalho, Gilberto Gil, Lucy Alves, Anastácia e Del Feliz, que usaram suas redes sociais para mobilizar o público.

O nome do Festival foi inspirado na ideia de vincular o termo "rede" à nossa tradicional rede de descanso nordestina, à rede de relações interestaduais e à internet. A primeira edição foi realizada pela Associação Balaio Nordeste, Fórum Nacional Forró de Raiz e a Associação Respeita Januário, além de outras comunidades do Forró.

O Balaio Nordeste

A Associação, que tem como presidente e fundadora a gestora cultural Joana Alves, contribui, por meio da promoção e organização de eventos culturais, de educação e de lazer, para a valorização, a divulgação, a preservação da cultura popular e o incremento do turismo local, com base nos princípios do desenvolvimento sustentável.

Também promove e estimula a produção artística brasileira, especificamente, a nordestina, recorrendo à valorização dos recursos humanos e conteúdos locais. A entidade não tem fins lucrativos; promove, ainda, cursos e atividades nas áreas de formação profissional, cultural, educacional e social para associados e para o público em geral.

Serviço:

São João na Rede Festival

19h

Onde assistir: Canal São João na Rede Festival no YouTube

Acesso: gratuito

Siga o Festival São João na Rede Festival nas redes sociais:

Instagram: @saojoaonaredefestival

Facebook: facebook/saojoaonaredefestival

Fonte: Da Redação com Secom/PB

Comunicar erro
radioweb

Comentários

Anuncie Aqui