Londres tem protesto contra o impacto do coronavírus nas comunidades indígenas do Brasil

O perfil do evento em uma rede social informou que um dos objetivos do ato é arrecadar fundos para a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib).

Por Paulo Pereira em 09/08/2020 às 18:15:00
Manifestantes jogaram tinta vermelha e se deitaram no chão (Foto: AP via PA)

Manifestantes jogaram tinta vermelha e se deitaram no chão (Foto: AP via PA)

O grupo ativista Extinction Rebellion promoveu neste domingo (9) em Londres um protesto contra o impacto da Covid-19 nas comunidades ind√≠genas do Brasil. Uma das a√ß√Ķes ocorreu em frente à National Gallery, que teve os degraus cobertos de tinta vermelha. Manifestantes também se deitaram no local.

O perfil do evento em uma rede social informou que um dos objetivos do ato é arrecadar fundos para a Articula√ß√£o dos Povos Ind√≠genas do Brasil (Apib). "Os ind√≠genas no Brasil est√£o enfrentando amea√ßas sem precedentes", diz o texto, que critica o governo brasileiro.

No m√™s passado, representantes de entidades ind√≠genas e especialistas afirmaram, em audi√™ncia virtual promovida pela C√Ęmara dos Deputados, que est√° em curso um "genoc√≠dio" em distritos ind√≠genas devido à pandemia do novo coronav√≠rus. Um representante do Ministério da Sa√ļde que participou da audi√™ncia contestou e criticou o emprego da palavra "genoc√≠dio".

Um boletim divulgado pela pasta em 24 de julho apontou que mais de 12 mil indígenas haviam sido infectados pelo novo coronavírus, com mais de 230 mortes por Covid-19.

Fonte: Da Redação com G1

goodday

Coment√°rios

Fortes do Brasil