Fiocruz deve começar a produzir vacina contra covid-19 em dezembro

Produ√ß√£o da vacina de Oxford deve ser de 30 milh√Ķes de doses entre dezembro e janeiro e 70 milh√Ķes nos dois primeiros trimestres de 2021

Por Paulo Pereira em 03/08/2020 às 09:52:54
Fiocruz vai produzir a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford Universidade de Oxford

Fiocruz vai produzir a vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford Universidade de Oxford

O acordo entre Fiocruz e AstraZeneca para a produ√ß√£o da vacina contra a covid-19 prev√™ o in√≠cio da produ√ß√£o em dezembro deste ano e garante total dom√≠nio tecnológico para que Bio-Manguinhos, unidade da Fiocruz produtora de imunobiológicos, tenha condi√ß√Ķes de produzir a vacina de forma independente.

Este acordo define os par√Ęmetros econômicos e tecnológicos para a produ√ß√£o da vacina da covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford j√° est√° em fase de estudos cl√≠nicos no Brasil e em outros pa√≠ses. Ele é resultado da coopera√ß√£o entre o governo brasileiro e governo brit√Ęnico, anunciado em 27 de junho pelo Ministério da Sa√ļde.

Covid-19: vacina de Oxford é a mais 'avan√ßada' do mundo, diz Fiocruz

O próximo passo ser√° a assinatura de um acordo de encomenda tecnológica, previsto para a segunda semana de agosto, que garante acesso a 100 milh√Ķes de doses do insumo da vacina, das quais 30 milh√Ķes de doses entre dezembro e janeiro e 70 milh√Ķes ao longo dos dois primeiros trimestres de 2021.

O Ministério da Sa√ļde quer investir R$ 1,8 bilh√£o para come√ßar a produzir a vacina da farmac√™utica AstraZeneca contra o novo coronav√≠rus, cujos testes s√£o conduzidos pela Universidade de Oxford. Desse valor, R$ 522 milh√Ķes ir√£o para a estrutura da unidade da Fiocruz que produz imunobiológicos, a Bio-Manguinhos, e R$ 1,3 bilh√£o é de despesa referente a pagamentos previstos no contrato de encomenda tecnológica.

Fonte: Da Redação com R7

goodday

Coment√°rios

Fortes do Brasil