Competência 2: Como melhorar o desempenho na redação do Enem

Por Paulo Pereira em 24/06/2020 às 10:05:16

Os critérios de correção da redação do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem) são estabelecidos em um conjunto de 5 competências, que são detalhas na Cartilha do Participante.

Abordamos em artigo anterior a competência 1 e, neste artigo, explicaremos a competência 2 que se relaciona diretamente com a compreensão do tema proposto e a adequação argumentativa ao tema.

Segundo a Cartilha do Participante divulgada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a competência 2 envolve "compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema", obviamente respeitando o formato exigido pelo Enem: dissertativo-argumentativo.

Nesta competência, há três pontos aos quais os participantes do Enem devem se ater para alcançar nota 1000:

  1. Tema proposto;
  2. Repertório sociocultural;
  3. Formato dissertativo-argumentativo.

Tema proposto

A compreensão do tema proposto para a escrita da redação é indispensável ao desenvolvimento adequado do texto. Junto à proposta, são apresentados alguns textos norteadores, que costumam ser curtos, mas, quando lidos atentamente, têm grande valia para guiar o estudante durante a redação.

O estudante deve ler atentamente TODOS os comandos da prova, principalmente os textos de delimitam o tema.

Cuidado com a fuga ao tema. Há dois riscos mais graves quanto ao tema, o primeiro deles é o se perder no tema. O estudante deve direcionar bem seus argumentos em consonância com os textos norteadores, desse modo, garantirá obediência à proposta da redação.

O segundo erro é abordar o tema superficialmente. O participante deve fazer uma abordagem completa do tema, evitando focar no ponto mais amplo da proposta. Para isso, é necessário se munir anteriormente de vasto conhecimento interdisciplinar.

Repertório sociocultural

A competência 2 exige que o participante tenha repertório para aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento. Logo, o estudante deve ter vasto repertório sociocultural. Primeiro, para ter familiaridade com a maioria dos temas que podem ser propostos. Segundo, para usar conhecimentos pertinentes ao tema estabelecido.

Filmes para estudar história - 12 anos de escravidão

O repertório dever ser legitimado, além de relevante ao tema. Muitos acreditam que o repertório se restringe a textos escritos, contudo, pode também ser adquirido através de textos imagéticos, como obras de arte, por exemplo, filmes, séries, músicas, notícias etc.

O importante é ter amplo conhecimento nas várias áreas do saber (história, filosofia, ciências, educação, economia, cultura, entre outros) e empregá-lo corretamente através de fatos, informações, dados e situações, de modo a enriquecer a argumentação.

Formato dissertativo-argumentativo

A obediência ao formato exigido na redação do Enem é um dos critérios mais importantes da avaliação. O texto deve ser escrito em prosa e deve seguir a estrutura dissertativa-argumentativa.

Para desenvolver bem esse critério o estudante deve apresentar argumentação bem estruturada e coerente, apoiada no repertório sociocultural e também nos textos norteadores. O corretor buscará identificar a reflexão crítica sobre o assunto, bem como os elementos de persuasão.

É importante usar argumentos no sentido de persuadir o leitor, encaminhando-o para a proposta de intervenção que deve ser justificada na argumentação.

Fonte: Da Redação com Noticias concurso

Comunicar erro
goodday

Comentários

Fortes do Brasil